2017 novo

E assim terminou o último dia de 2016, natural.

Se a natureza soubesse que dividíamos o tempo em anos, os anos em meses e os messes em dias.

Que para cúmulo artificial ainda cortássemos os dias em horas e as horas em minutos.

Riria de nós cada onda que leva o seu tempo a chegar à praia sem cumprir horário nem picar o ponto.

O sol, a estrela mor, que cumpre sempre horas extraordinárias fizesse sempre os dias iguais e nem se fazia notar, quanto mais encantar.

Soubessem os passarinhos dos nossos rígidos horários e nem conseguiriam rasar em voos matinais.

Parem o tique e o tac, sintam a pulsação animal, peço aos senhores Deuses da natureza humana!

Que a força de cada momento natural permaneça em nós ardente sem o fogo do artifício.

Na Ruteoria não há princípio nem fim, cada dia circula livre.

Sem fazer de conta.

Viva

mais tempo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: